04/08/2014

Revira a volta das varandas

O vento só pra fortes, 

Aqui quem manda demandas é a raiz da Serra dos Órgãos

Empurrando seu zumbido poderoso e morno, madrugado até o galo cantar a manhã...


Vale de Inhomirim pra desabar na baixada fluminense

Desalgar a maresia  da velha Guanabara, 

as folhas se agarram aos seus galhos até que morram

Sem saber que seu milagre será voltar a ser terra.


Tudo é tempo.


André Luz


Nenhum comentário:

Postar um comentário