29/10/2013

!!!


Cadê?

Quando perdemos sentimos o que temos
Através da ausência presente como uma sombra sem luz
Um tipo de desejo invertido
Catapulta o pensamento num tipo de dor
Mostra o quão distante é o finito...

André Luz Gonçalves



28/10/2013

Esposa de mentirinha

Enquanto você vê a ultima parte
Meu filme acaba
E nessa história nosso romance
Sem tempo pra achismos
Dormir um pouquinho
E sonhar te num outro sonho

Vendo na minha tela a mentira que virou verdade
Rindo de suas antigas piadas
Aquela menina certa, apaixonada risada
Feito a curva da tanga na sua praia
Pouco cabia feito idade d'alma
E quando me perguntarem sobre ela: rir...

André Luz Gonçalves





27/10/2013

Immanuel Kant

sonho é uma arte
poética
involuntária.


Pipe Dreams - by Mat Miller


Sétimo

Revanche dos dias
Repouso da carne
Estado da graça
Domingo
Sala escura filme de terror
Tarde no fim um barato
Quem sabe na segunda eu escapo

André Luz Gonçalves ®


25/10/2013

Que seja doce

Sua dialética cheia de perfume
Doce feito seu cheiro
Olhar sereno, moreno.
Me encanta
Traz minha vontade de sumir pra ir...

Ao encontro distante
Que leva toda sua boca pra perto de mim

Suas ancas, minha mão toda afoita.
A lembrança de que foi bom, seu tom.
A saudade do que ainda há por vir
Os momentos todos que irão existir

Me leve pra sua praia
Me embale na sua canoa
Durma comigo, caia da rede, Kaiah!

Atravessaria a cidade
Correria por todo o estado
Voaria até onde estiver
Só pra sentir o gosto da minha mulher.

Ou olhe o horizonte
Me espie
Conte mais os seus segredos
Deite ou durma no meu peito
Não sinta mais medo

Me sopre o seu vento ariana
Me chama, me inflama.
Geme no olhar, me torce devagar. 
Me leva daqui
Me deixe te ouvir
Me pedir pra falar.
Te a
mar.                                                                                                                     
André Luz Gonçalves©
ilustração: Alessia Lanetti

23/10/2013

A prova ei te dar

Era de ouvir
Saber que perceber também é viver
Deixar cair e sorrir com o flutuar
Relaxar

Era pra ir
Embora por partir ficar
Aproveitar o tempo sem lamento
Resiliente

Todo sono acordado, a corda do ato 
Enforcando os sentidos
Sabendo que pouco se sabe, ou nunca...
Limitando-se ao ampliar

Cada segundo que passa
vai embora na história
E de Tudo Hum Pouco vem e vai
Sozinho, antes eu e Seu pensamento


André Luz Gonçalves ©

14/10/2013

Circo encantado

A fila de ingresso e suas graças
Criança ansiosa não disfarça
O palhaço Lelé
Roubando Mulher

O Garboso Apresentador e sua voz de locutor
La vem o truque da risada, palhaçada!!!
Pipoca no algodão doce
Sombra e luz, embaixo da lona o circo vem a tona!

Globo da morte e quase bateu
Trapezistas com sorte a corda quase 
Quase caiu
O mundo pendurado por um fio

Malabares e Trapézio
Destreza e firmeza
Suspense e misterio
A cigana vem a Lona e põe fogo na roda

Borboletas psicodélicas
Voam pelos cabelos
Sensualidade em forma brinquedo
O susto e a cortina se abriu

Os pequenos sorrindo
O mundo é lindo
A verdade é a grande imitação
Na próxima semana o mágico não me engana


Já acabou?

11/10/2013

Pra dar um liga astral, gringa e legendada: pros que estão com o inglês enrolation


The Lumineers - Ho Hey - Legendado

Ai de ti



Ai de ti Copacabana-Alçeu Valença

Sincera


Depois de muitas Luas minguantes
Veio um Sol de Primavera
Uma suave espera
Me cerca por toda horda

Escapo do descaso com um lote de acasos
E me faço mais forte do fraco
Me abro como o cheiro do frasco
Absorvo o ar tímido e condenso, (ins)piro a palha a trançar.

Dou a vida alimento
Mostro minha alma esquecida em seu lamento
Arregaço as mangas dos meus versos
E chupo do pé as frutas de meu pomar

Pro mar...


André Luz Gonçalves



10/10/2013

Saudade de meu amigo, mais do que de Paraty


o que é bom?

Eparrêy Oyá


Iansã - Gilberto Gil 1973  

ao ponto


Curumin - Vestido de prata

lá no furo do futuro

Tristeza, 
montada de minúsculos sentimentos 

se somam e traz a tona 
o olhar de sanhaço 
do peito dói

ocupações se ampliam

Encolho no calor da angustia

Como a roupa ao calor das águas espremidas
Traço um sorriso no horizonte da minha cara 

Esboço o astral comemorativo
enaltecendo minha sobrevivência 
Nada mais 

Mas lá

no fim do túnel em que passam os tormentos
vem um atípico trem da esperança
Não vejo

sinto a vibração
encosto seus ouvidos nos meus trilhos 
furando o futuro... 

André Luz Gonçalves


Só se for!


Mestre Ambrósio - Se Zé Limeira sambasse maracatu -  Heineken Concerts 97

Quando a Nega Maluca apareceu...


Caetano Veloso Billie Jean

pofavo


DeFalla - Não Me Mande Flores

precioso e preciso

inevitável simbiose
o pro com pré
encarnados um ao outro
meio de união onde tudo se separa
prepara com toda distração
Sim e não
E essa diferença
É a crença em cada um
Como sendo precioso e preciso

André Luz Gonçalves

Jornalista encontra manifestante infiltrado entre vândalos

Jornalista encontra manifestante infiltrado entre vândalos

The Piauí Herald:
Blog do Olegário Ribamar.


Parabéns pra quem?

Enquanto isso na outra ponta da palavra:

Prêmio Nobel de Literatura foi para Dona Alice, escritora de contos super bacanas, ganhou com honra uma boa grana. Mérito se faz com trabalho, parabéns a esta artista.

  • Alice Munro
  • Alice Ann Munro, apelido de solteira Laidlaw é uma escritora canadense de contos, considerada uma das principais escritoras da atualidade em língua inglesa. Wikipédia


  • Nascimento: 10 de julho de 1931 (82 anos), Wingham, Ontario, Canadá
    Obras: O AMOR DE UMA BOA MULHERFugitiva: Contos
    Prêmio: Prémio Internacional Man Booker



  • 09/10/2013

    Emancipem-se da escravidão mental

    Velhos piratas, é, eles me sequestraram
    Me venderam para os navios mercantes
    Minutos depois deles
    me tirarem do porão sem fundo
    Mas minha mão foi feita forte
    pela mão do Todo-Poderoso
    Seguimos nessa geração
    Triunfantemente


    Você não vai ajudar a cantar
    Essas canções de liberdade?
    Pois tudo que já tive
    Canções de redenção
    Canções de redenção


    Emancipem-se da escravidão mental
    Ninguém além de nós mesmos pode libertar nossa mente
    Não tenha medo da energia atômica
    Porque nenhum deles pode parar o tempo
    Por quanto tempo vão matar nossos profetas
    enquanto ficamos parados olhando? uh!
    É, alguns dizem que é só uma parte disso
    Temos que completar o livro


    Você não vai ajudar a cantar
    Essas canções de liberdade?
    Pois tudo que já tive
    Canções de redenção
    Canções de redenção

    Bob Marley - redemption song acustic

    08/10/2013

    Espelho fez me de Bobo

    Essa falta de carícia
    Sina confundida com malícia
    Ternura absurda de amar o ódio
    Vendo ruir a solidão edificada, reviva !

    André Luz Gonçalves



    É mais que um verbete!

    Vergonha é uma condição psicológica e uma forma de controle religioso, político, judicial e social, consistindo de ideias, estados emocionais, estados fisiológicos e um conjunto de comportamentos, induzidos pelo conhecimento ou consciência de desonra, desgraça ou condenação. O terapeuta John Bradshaw conceitua a vergonha como a "emoção que nos deixa saber que somos finitos".

    Verbete extraído do Wikipédia.


    vergonha, por GoyaPor haber nacido en otra parte(1808-1814, Madri).

    07/10/2013

    ó



    Secos & Molhados
    O Patrão Nosso de Cada Dia
    Playlist dos caras

    André Luz : Daunloudi

    André Luz : Daunloudi: Desaconselho: Não existem bonzinhos ou maléficos (as), tem muita gente do bem e uma pá de fdp. TV: O CQC tá cada dia menos. Vão acaba...

    suave coisa nenhuma


    WineHouse Miauuuuuaaahhhh

    Ela lança taças
    Ela joga pratos
    Ela é um esculacho 
    Balde de brasa na água

    Corre feito doida
    Amy gata preta 
    Rápida e rouca felina
    Magra voz muito louca

    Suja de perfume 
    Dengosa cheia de ciúme
    Atenção pra ela
    Ela gosta de banho

    Que?

    06/10/2013

    Pau mandado do "Cabeça"

    Desalinho do meu simples caminho
    Derrota sem dessiso
    Delegado sombrio do meu brilho
    Pretenso desafio rítmico, descontínuo

    Maldito Senhor do Destino

    Esmola meu querer
    Leva feito vento sem tempo
    Desaba uma sina sem graça 
    ensina a farsa o cume da faca

    Suplico Senhor do Destino

    Me deixe assim desde menino
    Sou tanto amor que eu te ensino
    Não faz pouco desse destemido
    Apenas dai me o tempo desses sentidos


    André Luz Gonçalves




    02/10/2013

    Junto o vazo dos meus cacos pra ver se caibo


    Pra ver se caibo
    Junto o vazo
    Dos meus cacos

    André Luz Gonçalves

    Parabéns pra quem?

    O amor nunca faz reclamações; dá sempre. O amor tolera; jamais se irrita e nunca exerce vingança.
    Mahatma Gandhi


    Expresso

    Vagando num coletivo
    Vendo paradas, comprando saídas 
    Muito destinos, cada um, só.
    Nesse para e anda
    pontos onde o tempo me consome
    Acordo minha esperança enquanto o desejo cochila.

    André Luz Gonçalves

    01/10/2013

    Pra curtir a tardinha bacanésima!

    Dzihan & Kamien - Gutenmorgenduft (+playlist)

    E la se vai...

    Hoje o dia começou denso, logo tive que começar a ver um novo Chateux para minha família, era uma manhã estranha, eu não queria muito ver a luz, mas a Luz me queria como fez para cravar-se em meu nome.

    Acredito que a densa manhã foi dando lugar a uma tarde clara, cheia de esperança e vida, onde começo a vislumbrar um horizonte belo, um odor perfumado de jasmim, um sabor de desejo e uma imensa vontade de viver.

    Ao trabalho tudo parecia ruim logo pela manhã também, mais um Deus tão poderoso como esse que nos alumeia veio logo me dando clarevidência para tomar as decisões certas, de forma exata e o trabalho fluiu, lindo, de uma crítica pesada tudo reverte-se num honroso elogio pelo mérito dos resultados de meu trabalho.

    Essa história de trabalho é complicado, eu realmente não curto trabalhar, mas vez em quando, como todo adulto produtivo, tenho contas e responsas, e preciso do papel moeda para me submeter a ações ativas, o capital te envaidece e te faz perder um pouco o prumo da humildade, eu amo a humildade, as vezes invejo aquele cara que sai de bicicleta as 04:30am pra trabalhar, e volta com o salário contadinho, mas logo vem o desejo de ter mais, de poder comprar supérfulos e itens materiais que sonho consumir, sou um ávido consumista, mas meu maior gasto é com lazer, meu investimento pessoal está em me distrair, seja com passeios, com consumos, com poder pagar a conta de uma boa companhia, amo ser consumista, ops! Foi mal... srsrs

    Bom gente amiga, estou num flerte comigo mesmo, percebo que o mal se esvai no meu sangue que desce das lágrimas dos que merecem chorar, e eu vou seguir minha vida, por aqui, por ali, por lá, menos pelo facebook rsrsrs, até o fim chegar e que chegue bem de mansinho.

    Bj no dorso!

    André Luz Gonçalves