05/07/2012

Que seja doce


Sua dialética cheia de perfume
Doce feito seu cheiro
Olhar sereno, moreno.
Me encanta
Traz minha vontade de sumir pra ir...

Ao encontro distante
Que leva toda sua boca pra perto de mim

Suas ancas, minha mão toda afoita.
A lembrança de que foi bom, seu tom.
A saudade do que ainda há por vir
Os momentos todos que irão existir

Me leve pra sua praia
Me embale na sua canoa
Durma comigo, caia da rede, Kaiah!

Atravessaria a cidade
Correria por todo o estado
Voaria até onde estiver
Só pra sentir o gosto da minha mulher.

Ou olhe o horizonte
Me espie
Conte mais os seus segredos
Deite o durma no meu peito
Não sinta mais medo

Me sopre o seu vento ariana
Me chama, me inflama.
Geme no olhar, me torce devagar.
Me leva daqui
Me deixe te ouvir
Me pedir pra falar.
Te a

mar.





2 comentários: