26/07/2012

fiu fiu fiu


Virei passarinho
no vento eu sigo
bato asas
vento convém 

cuido de meus pequenos 
depenados querendo ninho
e quem sabe mais 
vida

Mas se os bons ventos me trouxerem o por sol junto a asa dela

posso voltar a voar pelo céu do amor
longe dessa paz...

Não to pra gaiola 
ração ou pedido de canto meu

apenas voar sossegado pelo céu eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário